DICA 1- O diretor do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), Osvaldo Moraes, fala sobre como o clima influencia a vida das pessoas e as ações realizadas pela meteorologia para tentar amenizar os fenômenos causados por ele.

 

DICA 2- O projeto Rios Voadores desperta o interesse de alunos da rede municipal de ensino em Uberlândia (MG). Na entrevista, o professor Antônio Giacomini Ribeiro, do Instituto de Geografia da Universidade Federal de Uberlândia (IG/UFU) faz um alerta sobre a influência da devastação da Amazônia nas chuvas da região.

DICA 3- Nesta edição, você vai saber como a tecnologia auxilia alunos com deficiência a terem acesso ao aprendizado escolar. Os entrevistados falam sobre esse avanço tecnológico e pedagógico, e como está sendo a adaptação tanto dos alunos, quanto dos professores, com essas ferramentas.


DICA 4- O físico e diretor do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), Osvaldo Moraes, fala sobre o efeito estufa.

DICA 5- Nanotecnologia: estudos possibilitam o uso de objetos tecnológicos cada vez menores. Quem fala sobre o assunto é o professor do Instituto de Física da Universidade Federal de Uberlândia (INFIS/UFU), Edson Vernek.

DICA 6- O futuro profissional é uma escolha muito importante na vida de uma pessoa. A Física, por exemplo, oferece várias possibilidades. O tema é abordado pelo professor Edson Vernek, do Instituto de Física da UFU e pelo diretor do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), Osvaldo Moraes.

DICA 7- Nesta edição você vai saber como a Física está inserida no dia a dia das pessoas. Quem explica o assunto é o professor Eduardo Kojy Takahashi, do Instituto de Física da UFU.

DICA 8- Os estudantes da UFU Maykell Júlio de Souza Figueira e João Paulo Silva Leite falam sobre as motivações que os levaram a se interessar pela Física.

DICA 9- A Física está inserida no cotidiano das pessoas, mas a maioria delas não se atenta para isso. Quem aborda a questão e enfatiza a importância da divulgação científica nesse processo é o professor Eduardo Kojy Takahashi, do Instituto de Física da UFU.

DICA 10- O professor Eduardo Kojy Takahashi, do Instituto de Física da UFU, fala sobre a presença da Física nas diversas áreas do conhecimento.


 

DICA 11- O professor Eduardo Kojy Takahashi, do Instituto de Física da UFU, fala sobre a baixa procura pela área de Física no Brasil.

DICA 12- Nesta edição você vai conhecer um pouco sobre a história do Instituto de Física da UFU. Quem conta é o professor Omar de Oliveira Diniz Neto, diretor do Instituto.

DICA 13- O diretor do Instituto de Física da UFU, professor Omar de Oliveira Diniz Neto, fala sobre o envolvimento dos alunos dos cursos de graduação com projetos de pesquisa e extensão.

DICA 14- O Instituto de Física conta com profissionais qualificados e equipamentos de última geração Quem relata as questões é o professor Omar de Oliveira Diniz Neto, diretor do Instituto.

DICA 15- O curso de licenciatura em Física nasceu em 1995 com o objetivo de atender a uma demanda crescente de recursos humanos especializados, principalmente nas aulas de Ciências nos ensinos fundamental e médio. Quem fala sobre o assunto é o coordenador do curso, professor Noelio Oliveira Dantas.

DICA 16- Esta edição aborda a importância do curso de Licenciatura em Física para a implantação do curso de mestrado nessa área na UFU. Quem fala sobre o assunto é o coordenador do curso, professor Noelio Oliveira Dantas.

DICA 17- O coordenador da Licenciatura em Física, professor Noelio Oliveira Dantas, fala sobre a evolução do curso e enfatiza a necessidade de valorização dos professores.

DICA 18- O coordenador do curso de Licenciatura em Física, Noelio Oliveira Dantas, fala sobre o envolvimento dos alunos em projetos e sobre as licenciaturas internacionais.

DICA 19- O curso de bacharelado em Física de Materiais da UFU teve início em 2004. Quem apresenta os objetivos do curso é o seu coordenador, professor Tomé Mauro Schmidt.

DICA 20- Nesta edição, o coordenador do curso de bacharelado em Física de Materiais da UFU, professor Tomé Mauro Schmidt, observa que os alunos chegam à graduação com pouco conhecimento de Física. Ele fala sobre a programação oferecida aos alunos que inclui, nos dois primeiros anos, uma revisão da Física básica e dos cálculos que são fundamentais para o aprendizado.


DICA 21- O coordenador do curso de Bacharelado em Física de Materiais da UFU, professor Tomé Mauro Schmidt, fala sobre a infraestrutura oferecida aos estudantes.

 

 

 

 

 

 

   logo 2